26 de ago de 2015

Até no lixão nasce flor.




Até no lixão nasce flor.
Bico de pena e pincel.
São Paulo - 2015
2015 © João Pinheiro

2 comentários:

rodrigo disse...

Muito bom!!
Me lembra uma linha meio Eddie Campbel....
mas diferente tb...mas com a mesma tradução clara em PB

Prbns!!!!

Abs!!!

joão pinheiro disse...

Obrigado, Rodrigo! Grande abraço!