28 de jun de 2012

Mutantes




Estávamos desenhando no viaduto da Rua João Julião, ao lado do Centro Cultural São Paulo, eu e o Eduardo Bajzek, quando três garotos apareceram e puxaram papo. O Vinicius, um dos meninos, pediu que eu o retratasse, o que prontamente fiz como vocês podem conferir no desenho acima. O desenho dos prédios era o que eu estava fazendo. Os meninos disseram que a gente deveria ser mutante por conseguir desenhar tão bem, entendemos isso como um elogio.

São essas coisas que me fazem gostar cada vez mais de desenhar nas ruas.

Nenhum comentário: