3 de nov de 2011

Arquitetura do improviso


Arquitetura do improviso são essas casas da periferia que vão crescendo desordenadamente como um organismo vivo, sem planejamento. Os moradores simplesmente vão esticando, puxando, remendando do jeito que dá e conforme o dinheiro aparece. Compram o material, convidam um amigo ou parente que manja de construção e mandam ver.

2 comentários:

Mazé Leite disse...

Só que quando João Pinheiro desenha, fica cheia de beleza essa improvisão dos pobres... Beijos!

joão pinheiro disse...

Valeu, Mazé. obrigado pela presença ilustre! Beijos.