7 de set de 2011



"Cruzamos Las Cruces, no Novo México, durante a noite, e chegamos ao Arizona ao alvorecer. Despertei de um sono profundo e encontrei todos os outros dormindo como cordeiros no carro, estacionado sabe Deus onde, porque eu não conseguia ver nada pelas janelas embaçadas. Saí do carro, estávamos nas montanhas: um nascer do sol celestial, fresca brisa púrpura, encostas avermelhadas, pastos de esmeralda nos vales, orvalho, nuvens douradas transmutantes; no solo, tocas de roedores, cactos, arbustos ressequidos. Era minha vez de dirigir. "

Trecho de Pé na estrada de Jack Kerouac.

Nenhum comentário: