20 de jan de 2011























Jack Kerouac, santo vagabundo.

Nenhum comentário: